Em 1970, quando Vilhena era apenas uma vila de Porto Velho, havia aqui um presbítero chamado Honorato, que aos 92 anos de idade, anunciava a palavra de Deus em companhia do casal Antônio e Raquel nas casas e praças públicas.

Honorato, este servo de Deus, morava com o referido casal em uma pequena casa, onde atualmente funciona a Rádio Vilhena. Sendo portando, esses alguns dos primeiros evangélicos a atuar em Vilhena.

A partir do trabalho de evangelização, o irmão José Gonçalves, mais conhecido como Irmão Zezé, e sua esposa, a irmã Eulina, foram os primeiros a aceitarem Jesus.

A quantidade de pessoas que se convertia aumentava tão rapidamente que, houve a necessidade de providenciar um templo, foi quando o irmão Zezé cedeu parte de seu terreno para a construção desse templo.

Embora fossem pequenas, aos poucos ia aumentando o número de crentes. O pastor Manoel Cassemiro, de Ji-Paraná (na época Vila de Rondônia), era o responsável pela congregação e ministrava a Santa Ceia do Senhor uma vez a cada mês, e também procurava resolver alguns assuntos que lhe era apresentado pelos membros. Sendo este o primeiro trabalho oficial da Assembleia de Deus em Vilhena.

Em 1972, o Pastor Manoel foi substituído pelo Pastor José Manoel Sobral, que deixou Vilhena, no ano seguinte.

Ainda em 1974, foi iniciada a construção de um novo templo em madeira, no local onde é atualmente o Banco Bradesco. Na ocasião o pastor Macário Nério dos Santos passou a ser o responsável pela igreja.

Em 1975, chega a Vilhena o Pastor Pedro Bezerra, juntamente com sua família. Ao tomar posse como novo líder, inaugurou o novo templo, que abrigava 50 crentes.

Em 1980 o Pastor Pedro Bezerra, assumiu o campo das cidades do cone sul, com exceção de Vilhena, que ficou provisoriamente sob a responsabilidade do Pastor Antônio Assis Quereno. Em seguida foi sucedido pelo Pastor Jamil Dias, que por sugestão no ano de 1983, em comum acordo como o ministério, achou oportuna a mudança da sede da igreja, que até então era na sede atual do Bradesco, para a Avenida Jô Sato com a Avenida Sabino Bezerra de Queiróz, local este aonde é a sede atual da Assembleia de Deus em Vilhena.

Em 1985, o Pastor Jamil foi substituído pelo Pastor José Luiz, que deu início a construção do atual templo. Desta vez seria construído em alvenaria, cuja pedra fundamental foi lançada em 08 de dezembro de 1985.

Neste mesmo ano, o pastor José Luiz, foi substituído pelo Pastor Osmar Almeida dos Santos, que deu continuidade a construção do templo. Neste mesmo ano foi implantado pelo pastor Osmar o SASE (Serviço de Assistência Social Evangélico).

No final de 1985, o pastor Osmar foi substituído pelo Pastor Neles dos Santos. No ano de 1994, foi inaugurado o novo templo.

Em 1997, assumiu a presidência da igreja o Pastor Carlos Antônio Marinho. Em sua administração promoveu diversa melhorias, tais como: informatização dos serviços, construção de novas congregações e reforma de outras. Neste período o SASE, passou a funcionar em parceria com a prefeitura Municipal de Vilhena, atendendo pessoas não evangélicas com serviços de consultas médicas e outros de natureza social.

No final de 1999, com a transferência do Pastor Carlos Marinho, assumiu a presidência o Pastor Rogélio Fernandes. Na sua administração iniciou a construção da congregação no bairro Cisto Rei e implantou o curso teológico de nível médio do Instituto Bíblico da Assembleia de Deus do Paraná. Na época havia 14 congregações na área urbana e uma sub-sede no distrito de Nova Conquista. Rogélio Fernandes esteve na presidência da Assembleia de Deus de Vilhena no período de 1999 a 2008. No dia 31 de Outubro de 2008 faleceu em um grave acidente automobilístico, quando se dirigia a cidade de Cuiabá, para uma reunião convencional. Este fato foi um dos momentos mais tristes da Assembleia de Deus em Vilhena, pois Rogélio Fernandes foi um pastor muito promissor para a igreja.

No ano de 2009, devido à vacância da presidência, foi empossado pela CEMADERON (Convenção Estadual dos Ministros das Assembleias de Deus em Rondônia), na pessoa de seu presidente Pastor Nelson Luchtenberg, o Pastor Ary Paulo da Silva, que é o pastor atual da igreja.

A Assembleia de Deus de Vilhena conta hoje com 25 congregações nos mais diversos bairros de Vilhena, como também no setor de chácaras, e a sub-sede no distrito de Nova Conquista. Conta também com uma quantidade de 4.000 membros e 3.000 congregados, somando-se um total de 7.000 membros.

Fotos e Histórico da Igreja Evangélica Assembleia de Deus de Vilhena – Fonte: IEAD Vilhena/RO

Ajude-nos a melhorar a qualidade deste conteúdo. Envie suas críticas, sugestões, observações, textos e fotos antigas para o e-mail: avantinfocorp@gmail.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *